segunda-feira, 13 de setembro de 2010

O Pró-Capoeira e a “Política da Capoeiragem”

Nos últimos dias 08, 09 e 10 ocorreu na cidade de Recife-PE, como já foi informado aqui no jornal do Malungo, o primeiro Encontro do Pró-Capoeira, Grupo de Trabalho organizado pelo IPHAN para discutir com a sociedade civil as políticas públicas de fomento para a capoeira, patrimônio da cultura imaterial do Brasil. O Mestre Bel representou o Malungo nos debates e proposições que tiveram lugar neste evento o que deverá ocorrer também por outros membros do Malungo (Augusto Leal ou Edimar) no Segundo Encontro que irá ocorrer em Brasília no final do mês. Algumas das proposições que o Malungo defendeu giraram em torno de critérios coerentes para reconhecimento do mestre capoeira como portador de notório saber, pelo Ministério da Educação. O Mestre Bel defendeu ainda a importância da criação do Centro Nacional de Referência da Capoeira, o qual faz parte do plano de salvaguarda proposto pelo IPHAN. O Malungo se colocou à disposição para colaborar com a implementação do Centro de Referência, por conta da necessidade de pesquisadores neste projeto. O Mestre Bel e o Treinel Augusto Leal são especialistas em História da Capoeira, com doutoramento em Estudos Étnicos e Africanos, o que se constitui uma interessante colaboração para o processo de implementação da política de salvaguarda da capoeira. Nesse sentido, o Malungo se coloca à disposição do IPHAN e da capoeira no Brasil.
Axé à comunidade da capoeira!

O Mestre Bel entre o Mestre Itapoã e Mestre Camisa Rôxa, participantes do Evento

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

II SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA DO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DO TOCANTINS

Tema: Identidade e Resistência Negra na Amazônia Tocantina

De 18 a 20 de novembro de 2010

APRESENTAÇÃO E JUSTIFICATIVA
A Semana da Consciência Negra é uma atividade de mobilização social que ocorre em todo o Brasil com o objetivo de discutir os diversos aspectos relacionados à presença negra no país. O destaque maior, em relação ao período do evento, é a celebração do dia 20 de novembro, referente à morte do líder negro Zumbi, que passou a ser símbolo da luta contra a escravidão e do combate ao racismo que resultou das sociedades escravocratas. Em torno do 20 novembro de 2009, o Campus de Cametá, por meio da iniciativa promovida por alguns professores da Faculdade de História, realizou a I Semana da Consciência Negra com a exibição de filmes e palestras direcionadas aos educadores, estudantes e comunidade cametaense em geral. Na ocasião, a Secretaria Municipal de Educação de Cametá solicitou que o evento permitisse a inclusão da programação que a mesma desenvolvia naquele contexto. O resultado foi a ampliação das atividades do espaço universitário para a praça central da cidade. Os trabalhos foram encerrados com diversas apresentações culturais e com expressiva participação popular.
Este ano, a II Semana da Consciência Negra – Identidade e Resistência Negra na Amazônia Tocantina – consistirá em um evento de extensão acadêmica que congregará a participação de grupos de cultura afro-brasileira e Associações de Remanescentes de Quilombolas da região. Em sua programação constam palestras, mesas-redondas, conferências e grupos de trabalho temáticos. Paralelamente, visando a valorização das práticas e saberes afro-amazônicos, ocorrerão oficinas de samba do cacete, banguê, capoeira angola, capoeira regional e outras práticas relativas à identidade negra.
Os principais objetivos da II Semana da Consciência Negra são:
1. Promover a integração entre os movimentos sociais, comunidade acadêmica, remanescentes de quilombos, praticantes de cultura afro-brasileira e comunidade em geral.
2. Realizar o combate ao racismo por meio de atividades teórico-práticas partilhadas entre a comunidade acadêmica e os representantes das manifestações afro-brasileiras.
3. Discutir a viabilidade de ações afirmativas para as populações negras na Amazônia Tocantina.

COMISSÃO ORGANIZADORA
Prof. Luiz Augusto Pinheiro Leal
Profa. Benedita Celeste de Moraes Pinto
Prof. Gilmar Pereira da Silva

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES
As inscrições podem ser realizadas na
Faculdade de História do Campus Universitário de Cametá-UFPA
Trv. Padre Antônio Franco, n.º 2617, bairro da Matinha, Cametá-PA
Tel. (91) 3781-1182/1258
Horários: das 8h às 12h e das 16h às 20h
Blog: www.historiaemcampo.blogspot.com



PROGRAMAÇÃO

18/11/2010 (Quinta-feira)
8h às 12h – Credenciamento
14h às 18h – Amostra de filmes
18h às 19h – Abertura do evento: Prof. Dr. Gilmar Pereira da Silva; Prof. MSc. Doriedson Rodrigues; Prof. MSc. Francivaldo Nunes; Prof. MSc. Luiz Augusto Pinheiro Leal e convidados
19h às 21h – Conferência de abertura: Cosmogonias e traduções religiosas: as confissões dos africanos presos pela Inquisição Portuguesa
Conferencista: Profa. Dra. Vanicleia Silva Santos (UFMG)

19/11/2010 (Sexta-feira)
8h às 12h – Oficinas
14h às 16h – Mesa-Redonda: Educação e Cultura Afro-Tocantina
PALESTRANTES: Prof. Dr. Josivaldo Pires Oliveira (UFBA); Prof. Dr. Gilmar Pereira da Silva (UFPA); Profa. MSc. Maria Joana Pompeu Amorim ; Prof. MSc. Dedival Brandão da Silva (UFPA)
19h às 21h – Grupos de Trabalho

20/11/2010 (Sábado)
8h às 12h – Oficinas
14h às 18h – Mesa-Redonda: Quilombolas do Tocantins: Agro-Ecologia, Cultura e Territorialidade
Palestrantes: Profa. MSc. Marzane Pinto de Souza (IFPA); Prof. Wilson Pereira Costa (UFPA); Prof. Dr. Afonso Sagramento (UFPA); Profa. Dra. Benedita Celeste de M. Pinto (UFPA); Professores convidados (Cametá, Abaetetuba ou Bragança)
19h às 21h – Conferência de Encerramento: Sincretismo e resistência: faces da identidade negra amazônica
Conferencista: Profa. MSc. Anaíza Vergolino (IRFP-CNBB/Norte II; UFPA)

GRUPOS DE TRABALHO E OFICINAS
GT História e Culturas Afro-brasileiras (Coordenação: Profa. Dra. Vanicleia Silva Santos (UFMG)
GT Literatura e Racismo (Coordenação Prof. MSc. Doriedson Rodrigues)
GT Educação e Relações Raciais (Coordenação Profa. MSc. Valdete Leal
Oficina Capoeira Angola (Mestre Bel – Malungo Centro de Capoeira Angola)
Oficina Capoeira Regional (Mestrando Paulo Cametá – Associação de Capoeira Senzala)
Oficina Samba de Cacete e Banguê (Profa. MSc. Maria Joana Pompeu Amorim)

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Malungo participará do Encontro Nordeste Pró-Capoeira/IPHAN

Nos próximos dias 8, 9 e 10 de setembro irá ocorrer na cidade de Recife-PE, o Encontro Nordeste Pró-Capoeira. Este evento, organizado pelo IPHAN, terá vários eixos de debates, entre os quais: Capoeira, Identidade e Diversidade. O Malungo Centro de Capoeira Angola irá colaborar com os debates neste Eixo temático através da participação de seu coordenador geral, o Mestre Bel.
Aguardemos os resultados desta importante Reunião!